Slide 1 Slide 2
31/10/2017 - 10h

Nossa São Luís participa do 9º Encontro da Rede de Cidades, em Poços de Caldas

O Movimento Nossa São Luís participou nos dias 26, 27 e 28 de outubro, em Poços de Caldas (MG), do 9º Encontro da Rede Social Brasileira por Cidades Justas, Democráticas e Sustentáveis (Rede de Cidades), promovido localmente pela Associação Poços Sustentáveis (APS) em parceria com os demais movimento da Rede.

O evento reuniu representantes de aproximadamente 15 cidades brasileiras, para discutir as conjunturas sociopolíticas do país e compartilhar experiências exitosas de participação social, monitoramento do poder público e incidência em políticas públicas.

A abertura do encontro, realizada no dia 26, aconteceu concomitante ao encerramento do projeto “Diálogos pela Sustentabilidade”, iniciativa da APS e do Instituto Alcoa. Além do debate sobre a situação do país, na abertura do evento foi apresentado o Programa Cidades Sustentáveis, de iniciativa da Rede de Cidades, que disponibiliza às prefeituras uma plataforma virtual para inserção de indicadores sociais, afim de estabelecer um panorama da qualidade de vidas na cidade, orientando para a tomada de decisões e definição de agendas prioritárias para implementação de políticas públicas.

O segundo dia do evento foi dedicado ao compartilhamento de experiências dos movimentos da Rede de Cidades. O Instituto Ilhabela Sustentável (IIS), apresentou o trabalho desenvolvido pelo Grupo de Orçamento Participativo e Indicadores do Movimento Nossa Ilha Mais Bela (de responsabilidade do IIS), que monitora os Indicadores e gastos públicos da cidade. O Instituto Nossa Ilhéus apresentou o programa De Olho na Câmara, que é o “monitoramento social do poder público constituído”, que aponta “quantas faltas teve cada vereador, em quais bairros e distritos eles mais atuaram, quais foram os projetos de Lei propostos e aprovados”, entre outras informações.

Foram apresentadas também as experiência do Movimento Nossa BH nas discussões e inclusão da participação popular nas decisões sobre mobilidade urbana; a experiência do Movimento Nossa Brasília na construção do Mapa das Desigualdades; entre outras.

O terceiro dia foi concentrado no planejamento das ações e mudanças na forma de gestão da Rede de Cidades. Dentre os encaminhamentos deliberados destacam-se: extinção da Secretaria Colegiada, afim de incluir de forma mais horizontal os demais movimentos integrantes da Rede; realização bianual dos encontros da Rede de Cidades; e a criação do GT de Comunicação, para melhorar o relacionamento e organização com os públicos de interesse dos movimentos.